ESCUTAR AÚDIO
Utilize o player para reprodução:

O macaco e a onça

Comentário:

Narrativa enviada e transcrita pela profa. Dra. Edil Costa da UNEB de Alagoinhas-BA.

Transcrição:

O Macaco e a Onça

O macaco tava sentado na estrada. Aí evém a onça... Quando a onça avistou com ele aí ele disse:
- Ãnh... ãnh ...
Aí a onça chegou, disse:
- Amigo macaco, por que você tá chorando?
- Eu tou chorando porque disse que hoje vai ter uma ventania que os bichim pequininim vai avuá tudo!
Aí ele disse:
- Amigo macaco, vamo fazer um negócio? Nós entra aqui, tira o cipó e quando acabar, nós se amarra que é pro vento num tirar nós pra jogar no mato.
Aí ele disse:
- É.
Aí chegou, foro tirar o cipó. Quando acabou, ele disse:
- Ó amiga onça, você me marra primeiro que eu sou pequeno.
Ele disse:
- Não, você vai me amarrar primeiro!
Aí ele pegou, inlenhou, inlinhou ela, inlenhou; quando chegou no pescoço, ele arrouxou assim  , cã’acabou, disse:
- Amiga onça, tá bem marrado?
- Tá.
- Se remexa...
Ela disse:
- Tou marrado mesmo!
Aí ele disse:
- Num vai ter nada! É mentira! Num vai ter nada! Eu fiz assim pra você não me comer. [Risos]

*Para execução correta do arquivo de aúdio, seu sistema deverá corresponder os requisitos necessários.